Buscar
  • VB Gestão

GESTÃO NA QUARENTENA E PÓS-PANDEMIA. É PRECISO REDIRECIONAR O CURSO.


Períodos de instabilidade socioeconômica fazem parte de nossa história.


Atualmente, estamos atravessando a crise decorrente da COVID-19.


Em uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review com diversos CEOs, surgiram os insights e ações tomadas nesse período. Existem duas ideias das quais esses CEO’s compartilham:


1ª: As empresas devem ampliar a preocupação com o bem-estar dos seus colaboradores, especialmente em relação a aspectos de saúde psicológica.


2ª: As decisões devem ser tomadas considerando três fases: a fase de quarentena, a fase de reabertura e a fase pós Covid-19.


Durante essa primeira fase, as empresas procuraram garantir a segurança física de seus funcionários. Implementaram o home office e medidas de higienização


nos casos em que o trabalho presencial é essencial. Mudaram, também, alguns processos operacionais - adotando a entrega sem contato, por exemplo.


Muitos trabalharam para manter as pessoas na folha de pagamento o maior tempo possível.


Cortes em salários de executivos e empresários também foi uma medida usada para controlar o impacto no caixa das empresas. Houve uma tentativa de criar uma conexão e cuidar da saúde mental de seus trabalhadores. O foco é a comunicação transparente e honesta, usando vídeo em vez de apenas comunicação escrita.



Cautelosamente, muitas empresas começaram a planejar a reabertura de negócios - um processo que será longo e prolongado. É necessário estabelecer as condições para a reabertura das operações. É necessário garantir uma comunicação contínua e honesta, transmitir que o mundo está mudando, incentivando a organização a "redefinir" sua atuação, não apenas "reiniciar" e destacando que algumas coisas não estão mudando, como o foco e os valores centrais da empresa.


Uma dica é destacar como as atividades da empresa contribuem para o bem comum e estão fazendo a diferença na vida das pessoas.


As empresas devem se perguntar: quais funcionários têm mais de 60 anos e, portanto, são mais vulneráveis ​​na reabertura? Como funcionará a reabertura para eles? Quem não possui o espaço e a infraestrutura necessários em sua casa para poder trabalhar produtivamente e precisam voltar o quanto antes?


Responder essas questões é de suma importância ao planejar a reabertura.




Até chegar essa fase vai demorar! Porém, as empresas DEVEM planejar esse momento o quanto antes. Para algumas empresas essa pode ser uma fase desafiadora, pois o declínio na demanda pode afetar drasticamente determinadas empresas, o que pode se traduzir em reduções significativas de receita.


É aqui que eles podem explorar o talento e o senso de propósito de seus funcionários para fazer melhor.


Ideias podem surgir desse processo, ajudando a empresa a desenvolver novos produtos/serviços, modernizar seus modelos de negócio e encontrar soluções para problemas latentes da empresa, utilizando o conhecimento e a experiência de seus colaboradores.


Mesmo passados alguns meses do início da Pandemia, calcular o tamanho do prejuízo e os impactos globais têm sido tarefa que requer cautela e especialização. Contudo, uma das alternativas para melhor interpretar o atual cenário e o que está por vir, chama-se: gestão empresarial


Com base nisso, destacamos as ações mais relevantes decorrentes desse fenômeno que estamos vivendo. E agora, para onde vamos? Tão importante quanto a pergunta, é saber como chegaremos e em quais condições - menos ou mais fragilizados? Com uma estratégia de gestão de crise ou sem norte definido?


Para estas e outras questões de sobrevivência nos negócios, a VB Gestão Estratégica criou um e-Book com conteúdos exclusivos para auxiliar as empresas a enfrentar as dificuldades e continuarem no mercado, retomando a normalidade dos seus negócios e o crescimento.

Baixe agora e garanta um guia repleto de informações úteis para sua empresa, gestores e colaboradores.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo