Buscar
  • VB Gestão

Liderando a mudança de uma empresa com histórico ruim.



Como liderar a mudança em uma empresa com um histórico ruim em transformações.


NÃO IGNORE O PASSADO.

Ninguém entende melhor a dificuldade em esforços por uma mudança do que aqueles que passaram pelo processo. A probabilidade de que as pessoas não acreditem em suas intenções ou modo de conduzir é alta.


PEÇA DESCULPAS PELOS ERROS ANTERIORES.

Busque saber sobre o que o seu time de funcionários passou, ainda que você não estivesse na sua posição de liderança atual. Então, os questione se eles estão dispostos a te dar uma chance.


NÃO SE APRESSE.

Ter conhecimento sobre os erros do passado é muito útil, porém, saber o PORQUÊ eles falharam fortalece a sua credibilidade. Tome um tempo para descobrir isso.


SEJA ESTRATÉGICO.

Qualquer que seja a causa das falhas anteriores, apresente ao seu time um diagnóstico detalhado sobre o que deu errado e como você irá evitar que isso ocorra.


FAÇA DISCURSOS.

Muitos líderes tratam de iniciativas de mudança estrutural como campanhas políticas, explicando às pessoas porque elas terão sucesso.


FAÇA PERGUNTAS.

Questione se o seu plano parece diferente para alterar as tentativas do passado. Faça questionários regularmente e use essas informações para permanecer no caminho certo.


Se você estiver conduzindo uma grande mudança em uma organização, você provavelmente vai estar pisando em ovos, pois certamente já houve uma situação parecida no passado. Até que você reconheça o que os funcionários sofreram durante as iniciativas de mudança passadas – ainda que você não estivesse na liderança nesse momento – a chance deles acreditarem que uma outra ini

ciativa vai valer à pena é pequena. Para reconstruir a resiliência deles e recuperar a sua confiança, você vai precisar tomar três passos no início desta jornada.


Primeiro, reconheça e peça desculpas pela dor das falhas passadas. Muitos líderes vão em frente, tentando inspirar pessoas sem considerar seus sentimentos remanescentes. Sem sequer perceber, eles estão apagando a real frustração de seus funcionários, que é essencial. Em segundo, fundamente o seu plano. Seja qual for o caso das falhas do passado, dê um feedback a sua equipe sobre elas, com um diagnóstico detalhado do que deu errado antes e como você evitará estes problemas.


Por fim, supervisione regularmente os funcionários, converse com eles e descubra quais são suas preocupações. Pois você não vai querer que seu plano caia em armadilhas de experiências passadas.


Entre em contato conosco, e saiba como podemos te ajudar.

42 visualizações0 comentário